segunda-feira, 25 de março de 2013

Rio Acre desabriga famílias



Defesa Civil  garante: Situação das
famílias desabrigadas está sob controle

Nonato de Souza
ASCOM/SESP
Em 25/03/20013

 
A Defesa Civil Estadual está mobilizando as demais instituições parceiras para que fiquem em “alerta”. O nível do Rio Acre continua subindo e já alcançou a marca dos 15 metros, conforme a última atualização das 16 horas de segunda-feira 25.

A maior preocupação da coordenação Estadual da Defesa Civil é que afluentes do Rio Acre como o Riozinho do Rolla assinalam com cheias. Os rios que cruzam os municípios do interior como em Brasiléia, por exemplo, subiu para 10,03 nas ultimas horas, lembrando que a cota de alerta do Rio Acre em Brasiléia é 9.80 e o transbordamento ocorre aos 11.40 metros.

Na tarde de domingo, o secretário se Segurança Pública Ildor Reni Graebner em companhia do Coordenador Estadual da Defesa Civil, Ten-Coronel/BM Antônio Carlos Marques Gondim da Silva e o Subcomandante do Corpo de Bombeiros, Cel. José Alberto Flores da Silva, esteve visitando os principais pontos de alagamento.

A população de desabrigados acampados no Parque de Exposições já alcança 83 famílias, totalizando 355 pessoas. Outras 22 famílias desalojas foram para casa de parentes.

Os primeiros bairros a serem atingidos após o transbordamento do Rio Acre, são: Seis de Agosto, (Rua Santa Terezinha) Taquari (Rua Padre José) Adalberto Sena, Cadeia Velho, Baixada da Habitasa, Base, Airton Sena e Adalberto Aragão.

No Parque de Exposição equipes das secretaria de Assistência Social, Depasa, Segurança Pública (por meio da Polícia Militar), Deracre, Esporte Turismo e Lazer prestam apoio às vítimas da alagação e por enquanto, nenhuma anormalidade foi registrada.
De acordo com o Coronel Gondim, a Defesa Civil ao contrário do que possam pensar, não é uma secretária.

“É um setor dentro do organograma do Grupamento do Bombeiro Militar e sua função é mobilizar os parceiros (todas as instituições públicas do Estado em parceria com a defesa civil do município) para o trabalho de socorro as vitimas. Seja alagação, desmoronamentos, incêndios e outras tragédias”.

Ele mostrou ao secretário de segurança Reni Graebner a Sala de Situação instalada no quartel do Corpo de Bombeiros, onde programas de computadores monitoram via satélite, a situação dos rios na maioria dos municípios do Acre.  “A aonde a tecnologia não chegou fazemos o monitoramente por telefone para alimentar e atualizar nossos dados, em intervalos de uma hora”.
O secretário Graebner conversou com famílias dos bairros Baixada da Habitasa, Taquari e Seis de Agosto, onde equipes dos bombeiros prestam ajuda com barcos e viaturas para retirá-las da zona de alagamento.
Todas foram unânimes em afirmar que não estava faltando nada e que, até aquele momento, consideram muito bom o atendimento prestado pela Defesa Civil e pelos Bombeiros Militar.

Segurança integrada na proteção dos cidadãos



Segurança Pública fortalece clima de
 paz em todas regionais de Rio Branco

Nonato de Souza
Helen Monteiro
Ascom/SESP
Em 23 03/2013

As políticas públicas de segurança determinadas pelo Governo do Estado, são planejadas com foco no fortalecimento da ordem pública, na tranquilidade, na manutenção da paz e na permanência da sensação de segurança.
Na última semana, durante reunião do Sistema Integrado de Segurança Pública (SISP), ficou definido que seria dada uma dura resposta aos que insistem em quebrar a Paz Social e promover os delitos que incomodam a população como roubos e pequenos furtos em todas as regionais.
Para sexta-feira e domingo foi montada uma Mega Operação denominada “Arrastão” com a participação das polícias Militar e Civil e ainda o Funrepol (órgão responsável por licenciar e fiscalizar os ambientes que comercializam bebidas alcoólicas).
Naquela área da cidade foram identificados que muitos focos de desavenças ocorrem no interior de barzinhos. Em sua grande maioria esses ambientes funcionam de forma irregular, sem registro ou autorização do Funrepol.
Na noite de sábado, 23, o Comandante 5º Batalhão MAJ PM do Estephan Elias Barbary Neto, comandou as operações de fiscalização e abordagem. O oficial afirmou da participação de 43 PMs do 5º Batalhão incluindo unidade do Batalhão de Operações Especiais (BOP), homens do Grupo Tático, da Campanha Estadual de Trânsito,integrantes da Operação Álcool Zero. Foram montadas “barreiras” estratégicas nas entradas principais daquela regional. Carros, motos e pedestres, em atitudes suspeitas, foram abordados.

AÇÃO ENÉRGICA DO FUNREPOL


Coube aos agentes do Funrepol, comandados do próprio coordenador, Ten-PM. Felipe de Antônio  de Araújo Russo Rodrigues, fiscalizar todos os bares ao longo da Estrada do São Francisco e comprovar a existência de muitas irregularidades.
Todos os proprietários pegos em situação irregular foram convidados a comparecer no Funrepol para proceder à regularização e poder reabrir seus comércios.  
Um exemplo foi do pequeno comerciante Raimundo Nonato Ferreira Andrógeno, dono da Distribuidora “Gelaga” que abastecia grande freguesia no atacado e varejo a qualquer hora.

CIATRAN atuou na Operação Álcool Zero durante a blitz


Sob o comando do Capitão PM Paulo Fernandes, a Citaram montou barreira na entrada da Estrada Apolônio Sales e abordou dezenas de veículos. Muitos condutores foram surpreendidos por haver ingerido bebidas alcoólicas.
Convidados ao teste do Bafômetro, alguns se recusaram, ainda que os indícios de embriagues fossem bem fortes. Para estes casos o militar deu a explicação:
“A única forma de provarmos que a pessoa está alcoolizada é com o teste de bafômetro”. Se a pessoa se recusa, cabe a ela provar legalmente através de exames, que não está embriagada.
Como geralmente isso nunca ocorre, a pessoa é autuada da mesma forma. A nova lei seca, que já está em vigor neste o inicio do ano, dobra o valor da multa atual para o motorista flagrado sob efeito de álcool ou drogas, fixando-a em mais de R$ 1,9 mil. Em caso de reincidência em um ano, o motorista receberá uma nova multa em dobro: R$ 3,8 mil, além de ter o direito de dirigir suspenso por um ano. O telefone da Citaram é 3223-3851

A participação da Polícia Civil

Major Estefhan Barbary  e a delegada Lucia Jacoud no comando das operaçõa da 5ª Regional
A Polícia Civil participou da operação com 12 agentes e uma escrivã, sob a coordenação da delegada Lucia Jacoub.  Ela disse que a operação tinha efeito preventivo.
A polícia marca presença nos locais de maior incidência de ocorrências mandando um recado aos delinquentes: “Estamos aqui e ninguém que cometa crimes ficará impune”.
 A delegada Lúcia explicou que um dos objetivos da operação é reduzir os índice de criminalidade e proporcionar segurança aos cidadãos. Por fim afirmou que foi abordada por alguns populares parabenizando a decisão da polícia em combater à ação dos criminosos e garantir  tranquilidade aos cidadãos de bem.

A PM marcou presença maciça na operação


O comandante do 5º Batalhão Major PM Estephan Elias Barbary Neto, disse que a operação já estava prevista dentro de Plano Estratégico de Metas, elaborado no inicio do ano. “O que está ocorrendo é que por decisão do Governador, outras corporações foram inseridas as operações dando essa maior   dimensão e integração”.  

A 5ª Regional é formada pelos seguintes bairros: Ouricuri, Chico Mendes, Eldorado, Vitória, Oscar Passos, São Francisco, Edson Cadaxo, Placas, Loteamento Panorama, Loteamento Altamira, Loteamento Santo Antônio, Invasão da Embratel, Loteamento São Jorge, Parque dos Sabiás, Raimundo Melo, Loteamento Jaguar, Loteamento Guanabara, Vila Nova, Xavier Maia, Santa Cruz Adalberto Sena, Apolônio Sales, Wanderlei Dantas Loteamento Céu Azul Tancredo Neves Montanhês Alto Alegre Jorge Lavocat Irineu Serra, Defesa Civil, Caladinho, Loteamento Santa Luzia, e Loteamento Novo Horizonte.
O endereço da 5ª Regional é: Rua Boa Vista; 970 - bairro Vitória - Telefones: (68) 3223 1055 - Rio Branco-AC - CEP 69908-970 - email: 5bpm. pmac@ac.gov.br

quinta-feira, 21 de março de 2013

Conen será restruturado




Meta é implantar conselhos em todos os municípios

Nonato de Souza e
Hellen Monteiro
Ascom/SESP
Em 20/03/13


Representantes  dos conselhos   voltados as políticas de prevenção e tratamento de dependentes químicos - Caminho de Luz, Conen/Ac, Cades, Peniel, Apadec  e da própria SESP, estiveram reunidos na manhã desta quarta-feira, 21/03,  no gabinete do Secretário de Segurança Pública Reni Graebner, para apresentar as diretrizes de um programa de reestruturação do Conselho Estadual de Entorpecentes Conen-AC, cuja coordenação atual é do professor Mário Elder de Melo Lima.
Encabeçados pela Central de Articulação das Entidades em Saude (CADES) reivindicam mais autonomia administrativa ao Conen-AC, e maior poder  de decisão  nas articulações das políticas pública ante drogas.
Dentro do projeto de reestruturação do Conen, cujo montante está orçado em cerca de R$ 113.459,00, estão assegurados os recursos necessários para implantação dos Conselhos Municipais. O Secretário de Segurança explicou que esta reestruturação  do Conen está dentro do planejamento estratégico da SESP e que vai merecer um estudo mais profundo para a tomada da decisão final.
Ele explicou que a criação desses conselhos permitirá o fortalecimento e o aprimoramento dos sistemas nacional e estadual sobre drogas, constituindo-se como órgão fiscalizador e coordenador no âmbito dos municípios.  “O Conen será uma das peças fundamentais na política de execução do  programa Crack  é Possível Vencer.”
O secretário afirmou que no próximo dia 04 de abril haverá a indicação de novos representantes e coordenadores do Conen. No próximo dia 12 de Abril  acontecerá uma reunião com os novos escolhidos  para o planejamento das ações a serem desenvolvidas pelo Conen em 2013 e iniciar os debates para as propostas  de sua estruturação.
O Conen foi criado a partir do Decreto 151 de 26 de outubro de 1982, com o objetivo de integrar o sistema estadual de prevenção, fiscalização e repressão de entorpecentes. Formatar a política estadual de entorpecentes em obediência as diretrizes do Conselho Federal de Entorpecentes, compatibilizar planos estaduais, nacionais e municipais, além de fiscalizar sua  respectiva execução.
É prerrogativa do Conen estabelecer prioridades entre as atividades do sistema através de critérios técnicos, econômicos e administrativos, fixados pelo Conselho Federal de Entorpecentes, tendo em vista as necessidades e peculiaridades regionais. 
Entre os assuntos tratados na reunião, Mário Elderfalou da importância da criação dos Conselhos Municipais de Políticas Sobre Drogas (COMAD’S), prevista na Legislação Federal nº 11343 de 23 de agosto de 2006 e na Lei Estadual nº 14561 de 26 de dezembro de 2011. Atualmente só existem dois COMAD’S no Acre, um em Rio Branco e outro em Xapuri.

sábado, 16 de março de 2013

Reforçando a Segurança da Fronteira


SESP entrega viaturas e equipamentos de
segurança em Brasiléia e Epitaciolândia
 
NONATO SOUZA
ASCOM/SESP
 






Na tarde de ontem, o Secretario de Segurança Pública Reni Graebner efetuou a entrega de mais duas camionetes traçadas e coletes à prova de balas para a Policia Militar em Brasileia e duas viaturas e coletes para a Delegacia de Policia em Epitaciolandia. 

As viaturas e equipamentos são parte dos recursos da primeira fase da ENAFRON e é a confirmação do compromisso firmado pelo Governador Tião Viana em recente visita àqueles municípios. 

 O secretário Reni disse durante a solenidade de entrega dos equipamentos que as viaturas irão proporcionar um maior patrulhamento da área de fronteira e  combate mais eficiente contra os crimes transfronteiriços. Os coletes à prova de balas proporcionarão maior garantia de proteção das vidas dos policiais na execução de suas missões. 

Ele afirmou que já existe uma promessa da Secretaria Nacional de Segurança Pública de instalação de câmaras de vídeo monitoramento nas cidades gêmeas de Brasileia e Epitaciolandia, ainda para este ano.
Um novo e moderno sistema de rádio comunição no valor de R$ 11 milhões para os órgãos de Segurança Pública da faixa de fronteira. Estes equipamentos já se encontram em fase de licitação.

Na próxima semana o Secretario Rení vai entregar viaturas e equipamentos para os órgãos de segurança de Sena Madureira, finalizando, assim a aquisição e a entrega dos equipamentos da primeira fase da ENAFRON no valor de R$ 3.500,00. A aquisição dos equipamentos da segunda fase da ENAFRON no valor de R$ 13.500,00 já está em processo de licitação.

 

TROCA DE INFORMAÇÕES


Deputado de Rondônia veio conhecer a Segurança Pública do Acre
Nonato de Souza
Em 16/03/2013

 O deputado pelo PMDB de Rondônia, José Francisco Araujo “Zequinha Araújo” esteve na tarde de sexta-feira em reunião com o secretário de segurança pública do Acre, Dr. Ildor Reni Graebner.
“Zequinha Araújo” é presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Segurança Pública da Assembleia Legislativa de Rondônia.  Veio conhecer os projetos, fluxogramas e organograma da Segurança Pública do Acre. Quer adequar alguns dos projetos bem sucedido no Acre e adequá-los através de seus projetos, à realidade de Rondônia.
O deputado e assessores foram recebidos Pelo secretário de Segurança e diretores do Departamento de Inteligência. Houve trocas de informações a cerca de 38 reclusos extraditados do Acre, sub a acusações de pertencerem a células do grupo  criminoso PCC. Falou-se da necessidade de fortalecer a fiscalização do Posto de Fiscalização Tucundeira, localizado na divisa dos dois estados.
Especificamente da nossa política de segurança o deputado rondoniense recebeu noções básicas do Projeto S.I.G. O, uma poderosa ferramenta de controle de informações das operações de segurança pública, incluindo o Ministério Público e Judiciário. Conheceu os mecanismos que gerenciam critérios, da Polícia Comunitária e do Programa Fóruns Comunitários de Segurança Pública, um envolvimento das polícias e comunidade, integradas no combate à criminalidade.
Por fim, o deputado “Zequinha Araújo” recebeu um vídeo sobre nosso Plano Estratégico de Previsão de Metas, estabelecido pelo conjunto da integração entre todas as forças de segurança do Estado com a supervisão direta do Governo do Estado que a cada três meses promove uma reunião para cobrar resultados.

sexta-feira, 15 de março de 2013


Sesp reinicia no interior realização

das reuniões operacionais integradas

 Sesp/Acre
Em 14/03/2013     

A Secretaria Estadual de Segurança Pública por meio da equipe da Diretoria Executiva de Gestão juntamente com a Diretoria Operacional reúne-se durante esta semana com os Coordenadores de Segurança das Regionais do Purus, Envira e Juruá para realizarem as Reuniões Operacionais Integradas.
A equipe se desloca para a sede das Regionais para reafirmar a metodologia de gestão integrada, repassar as metas operacionais e a tolerância dos  indicadores criminais pactuados no Sistema Integrado de Segurança Publica neste ano de 2013.
Estas reuniões são destinadas para o planejamento conjunto entre os Coordenadores de Segurança, o Delegado e o Comandante de Batalhão, do Município. Ambos definem e traçam algumas ações a partir da identificação dos problemas de violência mais recorrente na área em que atuam. Como ferramenta para esta identificação os Coordenadores são subsidiados pela ferramenta de análise criminal e por informações que a comunidade leva ao conhecimento da delegacia ou do serviço 190 do Município.
Dado o período de reorganização interna da Diretoria de Gestão, destinado para avaliação e definição das metas a serem pactuadas para os Municípios, estas  reuniões ficaram suspensas nos meses de Janeiro e Fevereiro e retomam neste mês em todo Estado. A agenda da SESP para o Interior iniciou pela Regional do Purus no dia 12, em Sena Madureira contando com a participação dos analistas locais, o Coordenador de Integração da Policia Civil, o Secretário Executivo do ENAFRON, o Diretor Operacional da SESP e interlocutor do ENAFRON junto ao Ministério da Justiça, além do Delegado e Comandante responsável pela Regional. A programação da SESP tem continuidade até sexta – feira dia 15, passando pelas Regionais de Tarauacá-Envira e Juruá.  
Regional Tarauacá-Envira realiza
reunião operacional integrada em Feijó
Sesp/Acre
Em 14/03/2013

Em cumprimento ao calendário de reuniões da SESP, os Coordenadores de Segurança da regional Tarauacá-Envira realizaram na manhã de ontem (13) no município de Feijó a reunião Operacional Integrada.
Após a análise dos dados e apontamentos dos principais problemas existentes na Regional, os Coordenadores de Segurança fizeram uma avaliação positiva quanto às últimas ações de Segurança realizada no Município de Tarauacá que vão desde cumprimento de mandados de prisão, busca e apreensão, atuação conjunta com Promotores e Juízes, a fiscalização de funcionamento de Bares.  Havendo um destaque para esta ultima ação que gerou um impacto positivo até na área da Saúde, uma vez o delegado e o Comandante do Município ouviram relatos de médicos e servidor da Saúde dizendo que esta ação reduziu o numero de pessoas no hospital, durante as madrugadas, que chegavam lesionadas ou esfaqueada dos bares  da cidade.
O encontro contou com a participação da Diretoria de Gestão, Sra. Rosimeyre Fonseca e do Diretor Operacional da SESP e interlocutor da ENAFRON, o Sr. Alberto Paixão, do Coordenador geral do CIOSP, Delegado Henrique, o Comandante de Policiamento Operacional da Regional, o Cel. França e o Coordenador de Integração da PC.
As reuniões que rotineiramente aconteciam no Município de Tarauacá passarão a ser realizadas em Feijó com o intuito de otimizar a agenda da Secretaria Estadual de Segurança que realizará a Câmara Temática de Fronteira neste Município contemplado pela ENAFRON

Em Busca da Paz


Religiosos buscam parcerias para
fortalecer a paz no Bairro Calafate

Nonato de Souza
Sesp/Ac
Em 13/03/2013

 
Líderes comunitários e religiosos procuram parceria para conter criminalidade no Bairro do Calafate

A Secretaria de Segurança Pública (SESP), através da Polícia Militar e da Polícia Civil tem dado atenção especial ao Batalhão da 4ª Regional, cuja jurisdição abrange a região do Calafate, Nova Calafate, Portal da Amazônia, Wilson Ribeiro e Laélia Alcântara, com objetivo de aumentar sensação de segurança e reduzir a criminalidade.
O comandante do Batalhão Militar da 4ª Regional Major PM, Messias garante: “Estamos usando toda estrutura disponível para restabelecer a normalidade naquela região, mas é preciso esclarecer que além da segurança existem outros setores que também tem responsabilidade na regional
Cita entre outros fatores, “a falta de estrutura dos bairros devido à ocupação desordenada através de invasão e a natural falta de espaços para o lazer”. Em sua visão isso tem contribuído para desviar os jovens para o mundo das drogas e se revestido em números violentos porque os jovens disputam, entre si, o controle do tráfico, uso e comercialização de entorpecentes na Região.
Segundo o oficial, mais de 50% por cento do efetivo Militar da 4ª Regional incluindo o batalhão do BOP, está com suas ações voltadas para o Calafate.  “Nos finais de semana estamos com três viaturas e duas motocicletas”. Cerca de 25 homens tiram serviço em nossa base móvel durante os finais de semana.
Hoje pela manhã lideranças religiosas e comunitárias do Calafate, estiveram reunidos com o Secretário de Segurança Pública Ildor Reni Graebner, o comandante da Polícia Militar Cel. PM José Anastácio dos Reis e o major Messias..
Foram reivindicar e apresentar sugestões para o fortalecimento da segurança. O secretário explicou aos religiosos que a manutenção da paz e da ordem pública é uma determinação pessoal do Governador Tião Viana e não está havendo economia de esforços para a cumprimento dessas determinações.
 Explicou que os autores dos crimes ocorridos nos últimos meses no bairro Calafate estão todos presos e/ou identificados. A Polícia está agindo de forma integrada para promover a paz entre os cidadãos. “A Sesp – garante o secretário Reni Graebner - está buscando parcerias com o Ministério Público e o Tribunal de Justiça na solução dos problemas de segurança Pública no Estado”.